Saltar navegação

Calibração de pontas

Antes de iniciar as medições, é absolutamente crucial calibrar com precisão o apalpador para todos os seus procedimentos de medição.

Calibração de pontas

Para obter bons resultados devem ser determinadas as dimensões efetivas do apalpador. Estes valores são armazenados no processador de dados da máquina.

No caso de CMMs, isto pode envolver a calibração de várias pontas ou sensores, frequentemente em múltiplas orientações do cabeçote. A calibração de apalpadores de inspeção de máquinas-ferramenta geralmente é mais simples.

Como funciona

A posição das pontas com esfera individuais e seus diâmetros são determinados utilizando uma programa especial de calibração do apalpador (veja o manual do usuário do fabricante da máquina).

É efetuado o contato de um ponto de referência com todas as pontas utilizadas, uma após a outra. A referência utilizada usualmente é uma esfera extremamente precisa, com diâmetro conhecido (denominada esfera de referência). As dimensões exatas da esfera a ser calibrada são inseridas no software de medição.

Se as pontas serão utilizadas para medir pontos separados, a ponta é calibrada utilizando 5 até 6 pontos altos na esfera de referência. Um número muito maior de pontos é adquirido em sistemas de escaneamento. O manual do usuário do fabricante da máquina descreve as estratégias exatas de medição para calibrar as pontas. Assegure-se que se estiver utilizando mais do que uma CMM, que está sendo utilizada a esfera calibrada cujos valores foram inseridos no software.

Resultado

O procedimento de calibração do apalpador define os diâmetros efetivos da extremidade da ponta ao medir, e suas posições em relação umas às outras e ao sistema de coordenadas da máquina.

Um programa de análise especial e o diâmetro conhecido da esfera calibrada são utilizados para definir os diâmetros desconhecidos da extremidade da ponta.

As coordenadas do centro da primeira esfera da ponta calibrada são armazenadas no processador de dados da CMM como coordenadas de referência. Todas as posições de ponta restantes são definidas pelas diferenças geradas com a primeira e em seguida também armazenadas como coordenadas do centro da esfera.

Depois que as várias extremidades de uma configuração de pontas foram calibradas, os seus centros são compensados pelo software da CMM, de modo que as medições com todas as pontas pareçam ter sido executadas com uma única ponta.

Isso significa que, qualquer que seja a ponta utilizada para medir um ponto, você sempre obterá o mesmo resultado.

Calibrando peças com outras formas geométricas

Além das esferas de referência, a calibração da ponta pode ser efetuada utilizando outras referências, como calibres de boca, anéis padrão e medidores de pino. Exemplos típicos são com cilindro e pontas de disco. O princípio básico não se altera. Os manuais do usuário do fabricante da máquina descrevem as rotinas para esses tipos de calibração.