Saltar navegação

LaserPFM™

LaserPFM™ com impressão em 3D é uma alternativa ideal à moldagem ou maquinação de estruturas de coroas e pontes, semipreciosas ou não preciosas.

As estruturas LaserPFM da Renishaw são feitas por impressão 3D nos nossos próprios sistemas de produção aditiva usando um avançado processo de fusão a laser que constrói a estrutura camada por camada.

Uma alternativa ideal à moldagem ou maquinação de estruturas de coroas e pontes, semipreciosas ou não preciosas; preço fixo por unidade, com produção a partir de materiais rastreáveis com a marcação CE.  

Os benefícios das estruturas impressas em 3D

A impressão 3D é um método ideal para produzir uma geometria complexa e detalhada, impossível de obter por fresagem.

Replicação de relevos mais precisa

Imagem em faixa de ponte de implantes

As máquinas modernas de controlo numérico computorizado de 5 eixos têm a capacidade de posicionar as ferramentas em diversas áreas estreitas, mas ainda há relevos aos quais não é possível aceder com estas ferramentas. Este não é o único problema; um relevo deve ter resistência e rigidez suficientes para resistir às forças de uma ferramenta de fresagem. Não ter isto em conta pode levar a superfícies com fraca qualidade, ou mesmo danos na ponte ou pilar. Estes fatores podem limitar a produção da conceção do técnico para se tornar em algo que se assemelha razoavelmente bem ao necessário, em vez de o reproduzir com precisão. Na maioria das vezes isto poderá levar à necessidade de acabamento manual da estrutura.

Sem tensões internas

Estruturas fresadas de pontes e pilares oferecem, de um modo geral, precisão superior, em comparação com as suas predecessoras moldadas. "Fresada a partir de um bloco sólido" é uma frase usada com frequência no setor da implantologia para significar precisão e durabilidade. No entanto, esta técnica deixou de ser tecnologia de ponta, especialmente no que se refere à precisão. 

A maioria dos lingotes de metal possui tensões internas como resultado dos próprios processos de produção. Quando se fresa uma ponte complexa e com várias unidades a partir de um lingote deste tipo, estas tensões internas são por vezes suficientes para provocar uma distorção macroscópica na estrutura. Isto porque, apesar de o lingote poder ser suficientemente rígido para resistir à flexão sob a influência destas forças, a muito menor estrutura de ponte pode não o ser.

Menos custos e desperdícios

Mesmo em casos nos quais a conceção pode ser fresada, o problema do acesso das ferramentas pode causar um alto grau de desperdício de materiais. Quando uma ferramenta for posicionada numa ponte para a fresar, já deve ter removido material suficiente para evitar quaisquer colisões.

Com materiais odontológicos relativamente dispendiosos, isto resulta num custo inexistente quando se usa uma solução de impressão 3D. O montante deste desperdício também é difícil de prever, o que significa que os fabricantes podem aumentar os custos para cobrir a pior estimativa possível. LaserPFM e LaserAbutments usam apenas a quantidade de metal igual ao volume da peça e das estruturas de suporte.


Tratamento térmico

As estruturas LaserPFM da Renishaw são tratadas termicamente após a impressão 3D, o que remove as tensões internas da estrutura. Isto resulta numa ponte sem tensões, sem distorções, que pode passar várias vezes por uma queima para fins de recobrimento sem o risco de perder precisão.

Depois de testarmos outras tecnologias para estruturas de metal, decidimo-nos por estruturas fundidas a laser da Renishaw que nos ofereceram resultados superiores. Agora seria impossível voltarmos para a fundição completamente manual. A qualidade e a consistência fizeram uma grande diferença nos nossos negócios. Numa pesquisa, os nossos dentistas deram uma avaliação 100% positiva sobre as estruturas laser fundidas a laser. Indicaram que ficariam dececionados se voltássemos às antigas técnicas tradicionais.


CBC Dental Lab (Reino Unido)

Como é feita

As estruturas LaserPFM são criadas com a utilização de impressão 3D, também conhecida como produção aditiva. O avançado processo de fusão a laser constrói cada estrutura em uma série de camadas sucessivas, com uma espessura de menos de metade do diâmetro de um cabelo humano.

Um feixe laser de alta potência é concentrado sobre um leito de metal em pó (no caso, CoCr com marcação CE) e as áreas selecionadas são fundidas em uma fina camada sólida. Uma segunda camada de pó é então espalhada sobre a primeira antes de o laser criar a "fatia" seguinte de cada estrutura LaserPFM.

Quando todas as camadas forem aplicadas, as estruturas sólidas são retiradas da máquina, submetidas a jato de granalha, polidas, inspecionadas e limpas por ultrassons.

Saiba mais sobre a impressão 3D em metal

Visualização dianteira da placa de produção da AM250

Estudo de caso

  • Case study:  A Swift transition to digital dentistry Case study: A Swift transition to digital dentistry [en]

    The process of lost-wax casting is still used today and hasn't changed much since ancient Greece. Commonly used in jewellery making, it is also a common manufacturing method in dentistry. Albeit a time-honoured process, Swift Dental Group recently sourced a more accurate and efficient manufacturing method to use at its facility in Bolton, UK with the help of global engineering and scientific technologies company, Renishaw.

    [4.1MB]

Todos os nomes de marcas e nomes de produtos utilizados neste documento são nomes comerciais, marcas de serviços, marcas comerciais ou marcas registadas dos seus respetivos proprietários.

Nem todos os produtos estão disponíveis em todas as regiões, para obter mais informações entre em contacto com o representante local.