Saltar navegação

Tipos de pontas

A linha completa de pontas genuínas Renishaw inclui uma série de configurações para atender os diferentes requisitos de medição.

Pontas retas

Nomenclatura:

M2 STY D2R L20 EWL14 D1.4SS

Explicação:

Ponta reta com rosca M2, esfera de rubi com Ø2 mm, comprimento 20 mm, comprimento de serviço efetivo de 14 mm e haste de aço inox com Ø1,4 mm.

Os tipos de pontas mais simples e utilizados com mais frequência são os mais apropriados para a maioria das aplicações de medição com apalpador. As pontas podem ter esferas de rubi, nitreto de silício, zircônia, cerâmica ou carboneto de tungstênio. Os suportes e hastes podem consistir de uma série de materiais - titânio, carboneto de tungstênio, aço inoxidável, cerâmica, fibra de carbono.

Pontas em estrela

Nomenclatura:

M2 STR D2R 5BALL L19.5 S32

Explicação:

Ponta em estrela com rosca M2 e esfera de rubi com Ø2 mm. A ponta possui 5 esferas na estrela e comprimento total de 19,5 mm (do centro da esfera até a traseira da face de montagem da estrela). A amplitude do conjunto da estrela é 32 mm.

Estas são configurações de pontas com múltiplas extremidades e pontas com montagem fixa. Podem ser utilizadas para inspecionar uma variedade de características diferentes, incluindo superfícies e furos com os quais é possível fazer contato direto.

Esta configuração proporciona flexibilidade, permitindo que a extremidade faça contato com as características sem necessidade de trocar a ponta. Você pode configurar a sua própria ponta em estrela utilizando os centros estrela para montar a ponta com até 5 componentes

As esferas podem ser feitas em rubi, nitreto de silício ou zircônia. Cada extremidade de uma ponta em estrela requer calibração, do mesmo modo que uma ponta com esfera.

Pontas secas

Nomenclatura:

M2 PNT D1.4TC 30 DEG L10

Explicação:

Ponta seca com rosca M2 e haste / extremidade de carboneto de tungstênio com Ø1,4mm. O ângulo da ponta é 30° e o comprimento é 10 mm.

Não devem ser utilizadas na medição com apalpador convencional em XY, pois foram projetadas para a medição de formas roscadas, pontos específicos e linhas gravadas (para baixa exatidão).

A utilização de pontas secas com raio permite calibração mais exata e medição de características, assim como a localização de furos muito pequenos.

Pontas hemisféricas

Nomenclatura:

M5 HEM D30 CER L26.5

Explicação:

Ponta hemisférica com rosca M5, hemisfério de cerâmica com ø30 mm. O comprimento é 26,5 mm do fim do hemisfério até a face de montagem.

Ideais para medir características profundas e furos nas direções X, Y e Z, sendo necessário referenciar somente uma esfera.

Adicionalmente, os efeitos de superfícies muito ásperas podem ser compensados graças ao grande diâmetro da esfera.

Pontas cilíndricas

  • M2 ruby cyclinder styli

Nomenclatura:

M2 CYL SLVS L13 EWL4

Explicação:

Cilindro com rosca M2, elemento de medição crítico com Ø3 mm, fabricado com aço prata. Possui comprimento de 13 mm e comprimento de serviço efetivo de 4 mm.

São utilizadas para medir furos em chapas metálicas, peças prensadas e de pouca espessura com as quais o contato com ponta em esfera não pode ser garantido.

Adicionalmente, várias características roscadas podem ser medidas e os centros de furos cônicos podem ser localizados.

Pontas cilíndricas com extremidade esférica permitem calibração completa e medição nas direções X, Y e Z, permitindo assim inspeções de superfícies.

Pontas em disco

Nomenclatura:

M2 DSC D18 SLVS T2.2 L2.6 BR-Y

Explicação:

Ponta em disco, rosca M2, diâmetro do disco 18 mm. É fabricado com aço prata, espessura do disco de 2,2 mm e comprimento de 2,6 mm. BR representa esferas/rolos seguido de sim (Y) ou não (N).

Estas pontas são seções de esferas utilizadas para medir rebaixos e ranhuras dentro de furos, inacessíveis a uma ponta em estrela. Embora a medição com a borda esférica de um disco simples é efetivamente o mesmo que medir sobre ou ao redor do equador de uma esfera grande, somente uma pequena área desta esfera está disponível para contato. Por conseguinte, discos mais finos requerem alinhamento angular cuidadoso, para assegurar o contato correto da superfície do disco com a característica que está sendo medida.

Um disco simples requer calibração em apenas um diâmetro (usualmente em um anel padrão), mas limita a medição às direções X e Y somente. A adição de um rolete permite que seja efetuada a calibração e portanto a medição na direção Z, desde que o centro do rolete se estenda para além do diâmetro do apalpador. O rolete pode ser calibrado em uma esfera ou bloco padrão. Girando e travando o disco ao redor do seu centro permite que o "rolete" seja posicionado para adequar-se à aplicação.

O disco também poderá ter um centro roscado M2, para permitir a fixação de uma ponta de centro, dando flexibilidade adicional à medição da face de furos profundos (o acesso ao disco poderá ser limitado). Estas pontas estão disponíveis em vários diâmetros e espessuras e podem ser feitas de aço, cerâmica ou rubi.

Extensões

Nomenclatura:

M4 EXT L15 D7 SS

Explicação:

Extensão com rosca M4, comprimento 15 mm, Ø7 mm, fabricado com aço inox.

Estão disponíveis em diferentes comprimentos e materiais - aço, titânio, alumínio, fibra de carbono e cerâmica.

No caso de extensões longas, devem ser consideradas as características térmicas do material.

Pontas para preset de ferramentas

Nomenclatura:

Pontas para preset de ferramentas variam significativamente mas tendem a ter uma rosca de montagem comum M4 ou furo com Ø4mm.

Em pontas quadradas de 4 lados, o comprimento L é a distância entre a face de medição e a face de montagem. Em cubos de 5 lados e discos redondos o comprimento é a distância até a face frontal.

As tolerâncias do preset de ferramentas dependem da planeza e paralelismo da extremidade da ponta em relação ao eixo da máquina.

É possível o ajuste fino em todos os apalpadores e suportes de apalpadores, para que o preset possa ser realizado.

Quando ferramentas rotativas são referenciadas para medição de diâmetro, as ferramentas devem ser giradas no sentido inverso do corte.

Proteção contra colisão

Os dispositivos de proteção contra colisão da ponta da Renishaw foram projetados para proteger o apalpador em caso de impacto.

Pontas especiais

A Renishaw oferece um serviço abrangente de pontas especiais, para o projeto e fabricação de pontas específicas que atendam seus requisitos.

Nossas equipes têm grande experiência e conhecimento para analisar os requisitos do apalpador e da aplicação e assegurar que seja encontrada a melhor solução.

Visite a página pontas especiais para saber mais.

Galeria de aplicações de pontas